quarta-feira, 19 de junho de 2013

Socorro!!! Denis,o pimentinha está na minha casa!!!

    Você já deve ter vivido uma situação parecida quando um amiguinho do seu filho foi passar a tarde na sua casa. Depois de preparar um lanche delicioso para a agradável tarde a campainha toca... Quando você abre a porta o menino fala o maior palavrão para o seu filho!
    Desde o começo as brincadeiras são inadequadas, como mexer em tudo na casa, empurrar seu filho, gritar, derrubar seus enfeites ou mesmo o leite e/ou refrigerante na hora do lanche. Parece que a tarde não vai terminar nunca, e acaba se tornando catastrófica! O que fazer nessa situação?
    Repreender e educar o filho dos outros não é uma boa ideia... Colocá-lo de castigo nem pensar! Ficar extremamente irritada e mandá-lo embora pode ser uma saída, mas o que seria dito para os pais dele? Calma!!!
    Essa situação como um todo deve ser tratada com muito cuidado, principalmente no que diz respeito ao nosso próprio comportamento. Não podemos nos desesperar achando que uma visita dessa criança vai "estragar" nosso filho, ou então "deseducá-lo". Claro que se as visitas se tornarem um hábito esses receios podem de fato se concretizar, mas uma ou duas visitas não serão um problema.
    Precisamos aproveitar a oportunidade para ensinar aos nossos filhos que precisamos escolher quem devemos trazer às nossas casas, pois é na casa onde nossa família e as coisas mais preciosas para nós estão. A criança vai entender com esse ensinamento que uma criança sem limites, sem educação e agressiva para com ela não necessariamente é um amigo, muito menos alguém que possa frequentar nossa casa.
    Podemos também aproveitar essa situação nada agradável para mostrar que as famílias, valores e educação são muito diferentes, e que obviamente merecem ser respeitadas. O diferente tem seu valor, e proporciona um aprendizado maravilhoso. 
    A criança precisa saber escolher as pessoas que estarão ao seu lado, pessoas que proporcionem experiências positivas, além de respeitá-las sempre! Quando receber ou fazer visitas, nossa criança precisa estar atenta às regras da casa, respeitando e comportando-se adequadamente dentro de outras famílias. Através do diálogo claro a criança crescerá com condições de decidir o que é certo e errado quando estiver passando por momentos desafiadores em sua vida, fazendo escolhas positivas para o seu futuro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário