quarta-feira, 3 de julho de 2013

Quando o reforço escolar é necessário

Autora: Sonia Nicolino - Pedagoga
E-mail para contato: sonianicolino@terra.com.br

    O reforço escolar muitas vezes é criticado pois, segundo seus críticos, a criança pode ficar dependente de um professor particular por muito tempo. Porém, existem situações onde o reforço é necessário para que a criança aprenda não somente um conteúdo específico como também o hábito de estudar.
    É comum antes das provas ouvir dos filhos que não é preciso estudar, que eles já sabem toda a matéria. Como resultado dessa fala notas vermelhas aparecem nas provas, evidenciando que eles não estavam tão preparados para as avaliações como eles pensavam.
    Português e Matemática, por exemplo, são matérias que exigem uma atenção redobrada já que somente a prática e o estudo acabam preparando o aluno para uma avaliação. Se logo no início do ano a criança apresentar dificuldades nessas matérias é preciso fazer um reforço escolar, seja na própria escola ou através de um bom professor particular.
    O reforço é necessário para ajudar e orientar o aluno nos estudos, identificando quais aspectos precisam ser reforçados e/ou melhor explicados. O professor particular, além de sanar as dúvidas imediatas, dará a base para a criança desenvolver o aprendizado com responsabilidade e organização para com o horário de estudo e as tarefas escolares.  
    Como coordenadora pedagógica, muitas vezes recomendei aos pais aulas particulares para seus filhos. Lógico que cada criança apresentava diferentes dificuldades, mas a maior parte delas não ficou dependente do professor particular por muito tempo. Demonstraram rápidos progressos, sentindo-se mais seguras e prontas para organizar elas mesmas um programa de estudos antes das provas e durante o ano. O reforço escolar é muito positivo para o aluno e o ajuda a desenvolver o aprendizado, a auto-estima e a autonomia.
    Muitas vezes somente o que falta ao aluno é um estímulo para os estudos. Por isso quando os pais perceberem que os filhos não conseguem aprender Matemática, apresentam dificuldades na Língua Portuguesa ou mesmo em qualquer outra matéria, é a hora de marcar uma conversa com os profissionais da escola. Essa reunião servirá para avaliar o momento atual do aluno, tanto do ponto de vista emocional como acadêmico, além de chegar a conclusão da necessidade ou não do reforço escolar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário