quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Reunião de pais e mestres: eu preciso ir?

Autora: Sonia Nicolino - Pedagoga
E-mail para contato: sonianicolino@terra.com.br

    Pela rotina de trabalho intensa de muitos pais, acaba sendo uma tarefa difícil participar ativamente do dia a dia escolar de seus filhos. Fazer a lição de casa ao lado dos pequenos, que deveria ser um hábito dentro de casa, pode ser uma tarefa extremamente difícil para pais que trabalham desde cedo até tarde da noite. Apesar dessa realidade, não há como negar que o sucesso escolar de uma criança é diretamente proporcional ao investimento dos pais na educação da criança, investimento este que não se resume apenas a pagar as mensalidades dos cursos.
    Investir na educação de uma criança, além de pagar o custo financeiro inerente a educação, é participar dos progressos, dos hábitos de estudo e dos conteúdos ensinados pela escola. Um pai que não sabe a que horas seu filho entra e sai da escola, qual o nome da professora, ou no pior cenário o endereço da instituição acaba sendo um pai que passa para seu filho duas mensagens, a saber: você não é importante para mim e sua educação não me interessa.
    As consequências dessas mensagens para a criança podem ser uma auto estima baixa, carência, revolta e desinteresse pelos estudos. Diante das consequências, cabe a nós adultos adequar nosso dia a dia para participar da vida escolar de nossos filhos, mesmo que seja minimamente. A participação mínima, na minha opinião, é estar presente em todas as reuniões de pais e mestres.
    É através dessa reunião que os pais ficam cientes dos conteúdos ensinados, das dinâmicas realizadas em sala de aula, do desempenho de seus filhos tanto no aspecto acadêmico como social, das evoluções motoras e cognitivas, etc. Conhecer a escola, os colegas da criança e suas professoras é mostrar ao filho que mesmo dispondo de pouco tempo livre ele está presente na vida da criança. Ele sabe o que acontece, ele se importa...
    Além disso, para o educador conhecer os pais e poder conversar com eles é uma oportunidade única para entrar no mundo da criança, entender porque existem determinados comportamentos em sala de aula, aprendendo a agir de forma mais eficaz com a criança. A reunião de pais e mestres é uma via de mão dupla onde tanto os pais como os professores aprendem mais sobre a criança, e sabendo melhor como ela é a educação acadêmica, moral e cívica podem e serão mais eficazes.
    Quando você, pai ou mãe, receberem na agenda um recado avisando sobre a reunião de pais e mestres reserve um espaço na sua agenda para estar presente. O melhor presente a ser dado a uma criança é a atenção para com ela e seu mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário