quarta-feira, 14 de maio de 2014

Parto normal X parto cesariano

    Algumas mães ficam em dúvida sobre qual parto é o menos doloroso, qual proporciona a recuperação mais rápida, qual traumatiza menos a criança, se a anestesia pode afetar o bebê... Enfim, são inúmeras as dúvidas que pairam na cabeça de uma mãe durante a gestação, sem mencionar o quente debate sobre o parto humanizado, tópico que o Blog Super Mãe dedicará um post dentro em breve. A intenção do presente texto é reunir algumas informações sobre as diferenças entre parto natural e cesariano para que a futura mamãe possa escolher com mais consciência qual será o melhor parto para ela.
    Em relação à dor, no parto normal é comum que a mulher sinta dores durante todo o trabalho de parto. Essas dores se devem às contrações e ao esforço que a mãe faz para que o bebê possa nascer. Já no parto cesariano a mulher não sente dor nenhuma, uma vez que ela é anestesiada pela equipe médica. Contudo, o processo de cicatrização pode ser dolorido,dependendo da sensibilidade da mulher, sensibilidade esta que é única para cada indivíduo.
    Sobre a anestesia, durante o parto normal a mulher não é anestesiada, a não ser que ela solicite ao seu médico após a equipe constatar os cinco centímetros de dilatação. No parto cesariano a mamãe recebe a anestesia raquidiana, que impede os movimentos da cintura para a baixo, evitando assim as dores características do parto normal.
    Quando falamos em corte, observamos mais diferenças entre esses dois tipos de parto. Em alguns casos, no parto normal pode ser feito um pequeno corte entre a vagina e o ânus (local denominado períneo). Esse corte tem como intuito ajudar o bebê a sair, diminuindo os riscos de haver rasgos aleatórios causados pelo esforço do trabalho de parto. Esta intervenção só é realizada com o consentimento da mãe. No parto cesariano o corte é feito acima da linha dos pelos pubianos. Feito na horizontal, é através dele que o bebê sairá. Os pontos devem ser retirados entre uma semana e 15 dias depois do parto.
    Em relação à duração do parto, não é possível prever quanto tempo durará um parto normal. A evolução da dilatação e das contrações podem ocorrer em uma ou em cinco horas, por exemplo. No caso do parto cesariano a duração gira entorno de uma hora, caso não haja nenhuma complicação.
    Por fim, o tempo de recuperação no parto normal é bem mais rápido que no parto cesariano. Não havendo complicações, logo após o parto normal a mãe já está disposta e é capaz de caminhar,com a ressalva de evitar esforços desnecessários. Ocorrendo o corte perineal, a mulher pode sentir um desconforto ou ter dificuldades ao sentar pela primeira vez. Já no parto cesariano a mamãe pode sentir dificuldades em se sentar, levantar, caminhar e fazer movimentos mais intensos durante algum tempo. A escolha do parto cesariano envolve a internação da mãe durante três dias após o parto.
    A escolha de qual tipo de parto queremos ter precisa ser bem discutida com nosso médico obstetra, para que a melhor escolha seja tomada tanto para a mãe como para a futura criança!

Nenhum comentário:

Postar um comentário