quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Mamães: cuidados com os pequenos no uso de escadas rolantes e elevadores


Autor: Carlos Roberto Bonadio, Diretor de Serviços da ThyssenKrupp Elevadores.

Com o crescimento e a verticalização das cidades, elevadores, escadas rolantes e esteiras rolantes passaram a fazer parte do dia a dia das crianças muito cedo. Mães com carrinhos de bebê passeando pelos shoppings é uma cena muito comum, entre tantas outras situações nas quais os equipamentos de transporte vertical estão inseridos na vida da garotada. 
Para as crianças, porém, tudo é motivo de brincadeira e a escada rolante vira uma montanha-russa, onde o sobe e desce não tem fim, e os elevadores são foguetes espaciais onde podem se esconder dos amigos, apertar vários botões e depois sair correndo para mais uma diversão. A fantasia, porém, cria situações que podem colocar a segurança dos pequenos em risco, principalmente quando o adulto não está por perto para zelar por eles.
Para orientar as crianças e conscientizar os pais sobre como usar de forma correta e segura os elevadores, as escadas rolantes e as esteiras rolantes, promovemos há sete anos, sempre no mês de outubro, a Ação Faça a Coisa Certa – Dia das Crianças. Este ano, 44 shopping centers localizados em 29 cidades de 13 estados brasileiros apoiam nossa iniciativa, que vem crescendo a cada ano.  
O público-alvo são as crianças de 5 a 12 anos, os pais e os familiares responsáveis pela educação dos pequenos e que têm papel fundamental no processo de educação dos pequenos.  
Nosso objetivo é informar, por isso criamos materiais educativos para ser consultado em casa ou na escola, como o gibi “As aventuras do SUPER ZERO & ZUG”; vídeos que ensinam a usar corretamente o elevador e a escada rolante e que estão disponíveis no YouTube e um game que testa os conhecimentos da garotada de forma interativa, por meio de um quiz. 
     




No Brasil, em algumas cidades, como São Paulo, as crianças menores de 10 anos só devem usar o elevador se estiverem acompanhadas de um adulto, por determinação de leis municipais. No caso das escadas e esteiras rolantes, a Norma Brasileira (NBR NM 195/1999), determina o uso de avisos de alerta sobre situações de perigo nos locais onde os equipamentos estão instalados para chamar a atenção da população.
Segundo dados do Ministério da Saúde mais de 122 mil crianças até 14 anos são hospitalizadas anualmente em decorrência de acidentes no Brasil (dados de 2012). As quedas representam 50% das causas das internações.
Estudos da ONG Safe Kids Worldwide mostram que 90% dos acidentes podem ser evitados com medidas simples, como mudar o comportamento dos adultos, adequar os espaços para as crianças, criar e fiscalizar leis para inibir práticas inseguras, desenvolver e promover o uso de equipamentos de segurança e de políticas públicas que tenha a prevenção como objetivo. 

Dicas de uso correto e segurança:

√ Crianças devem usar os elevadores e as escadas rolantes acompanhadas de um adulto;
√ Brincadeiras dentro do elevador devem ser evitadas e a informação é a melhor forma de orientação;
√ Ao chamar o elevador, aperte o botão somente uma vez;
√ Havendo dois ou mais elevadores, chame somente um;
√ Respeite a lotação máxima dos elevadores;
√ Qualquer que seja o motivo, não segure a porta do elevador;
√ O corrimão da escada rolante é um item de segurança para o funcionamento do equipamento e não deve ser confundido com um escorregador;
√ A criança nunca deve sentar nos degraus da escada rolante;
√ Não apoie os pés sobre o rodapé;
√ Subir ou descer no sentido contrário ao fluxo da escada rolante é perigoso e deve ser coibido; 
√ Carrinhos de bebê, cadeiras de rodas ou similares não devem ser transportados em escadas rolantes. Nestes casos, use o elevador;
√ Segure a mão da criança na escada rolante para evitar que ela se debruce sobre o corrimão.

Fonte: ThyssenKrupp Elevadores

Para acessar os materiais da ação, basta clicar nos links abaixo:





Nenhum comentário:

Postar um comentário