quarta-feira, 12 de novembro de 2014

A hora da rematrícula

    Estamos em uma época do ano onde recebemos dentro da agenda dos nossos filhos os papéis referentes à rematrícula. Normalmente a primeira reação é levarmos um susto com os valores reajustados, mas passado esse primeiro susto precisamos sentar e refletir a respeito. Esse não é o momento de fazer a rematrícula mecanicamente.
  Nossos filhos passaram um ano estudando, fazendo provas, participando de atividades pedagógicas... Sem mencionar as reuniões com os professores onde aprendemos melhor como nosso filho está dentro de sala de aula, como a escola pensa a educação deles, e a impressão dos profissionais envolvidos sobre as crianças da sala. Reunindo todas as informações coletadas e vividas, tanto por nós pais como pelos nossos filhos, chega a hora de refletir sobre essa escola ser o local ideal para mais um ano de estudo.
    O que esperamos para nossos filhos no novo ano que está prestes a começar? Quais são as suas dificuldades? O que ele precisa aprender? A escola pode atender essa necessidade? Há um plano estruturado para que essa deficiência seja superada? Esses questionamentos e as respostas que daremos a eles são importantes para tomarmos a decisão de fazer a rematrícula ou procurar uma outra escola.
    Essa decisão não precisa ser tomada por uma só pessoa. Ao contrário! Os familiares próximos, a própria criança e talvez alguns educadores que tem contato mais próximo com a criança (professora ou coordenadora pedagógica da escola onde nosso filho estuda) podem e devem ser consultados para tomarmos uma decisão segura e madura para o processo de educação que irá começar em  2015.
    A educação de nossos filhos é algo muito sério, não só para ele mas para nós mesmos. Queremos ter orgulho e saber em que direção nossos filhos estão crescendo, que tipo de seres humanos eles serão. Por isso a hora da rematrícula precisa ser pensada, e não tratada com desdém. É importante pensar antes de agir no piloto automático!!!

2 comentários:

  1. Oi Sonia,
    Gostei muito do post! Neste momento aqui em casa estamos analisando para decidir se meu filho vai continuar na mesma escola. Já tínhamos decidido que este seria o último ano dele nesta escola por várias situações que ocorreram durante o ano, mas agora chegando o momento de tomar a decisão bate uma incerteza... Espero que cheguemos à decisão mais acertada...
    Gostei muito das suas dicas e amei conhecer o blog.
    bjs
    www.pitacosdamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Lauri,

    Fico muito feliz que você tenha gostado do nosso post!!! É muito gratificante saber que nosso conteúdo faz a diferença na vida das nossas leitoras.

    Tenho certeza que vocês encontrarão a melhor resposta para essa dúvida. Nada como o tempo e uma reflexão aprofundada para encontrarmos a melhor saída!!!

    Seja sempre a nossa leitora!!! E curta nossa página no Facebook!!!

    Bjo

    ResponderExcluir