quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Como gastar menos na compra do material escolar

    Os meios de comunicação tem mostrado ao público como a cada ano que passa fica mais oneroso para os pais cumprirem com a lista de material escolar das crianças e adolescentes. Os itens destas listas vão desde lápis e caneta até papel higiênico e material de limpeza. É impressionante a quantidade de itens, muitas vezes listados em diversas folhas. Sem mencionar quando o casal possui mais de um filho... Ou seja, temos a lista dobrada ou triplicada.
    A internet vem se tornando uma ótima ferramenta para as famílias que querem economizar com o material escolar, principalmente nessa época do ano em que as contas são muitas e a renda é a mesma de todos os meses. Independente se a pessoa é familiarizada com as ferramentas de busca e comparação de preços, os resultados são tao significativos que vale a pena conhecer e utilizar essas ferramentas o quanto antes.
    Ao acessar diversos sites de papelarias, lojas especializadas e outros comércios relacionados ao tema os pais podem comparar preços de lojas distantes fisicamente, sem o custo da locomoção. Fora o fato do e-commerce envolver produtos com um preço mais em conta, até porque o valor final não envolve os custos de aluguel de espaço e funcionários. Podemos encontrar produtos com 5, 10, 20 ou mesmo 30% de desconto.
    Essa economia é muito importante, tendo em vista que uma lista de material escolar que custa R$1.000,00 na papelaria X poder sair até R$300,00 mais barato através de uma busca na internet pelo menor preço, ou mesmo a compra virtual. Vivemos um momento em nosso país que precisamos valorizar nosso dinheiro, o usando com sabedoria e não por impulso. 
    O desperdício precisa ser eliminado do nosso dia a dia, pois quem perde com esse péssimo hábito é a nossa saúde financeira, nós mesmos. Sem pesquisar preços acabamos pagando muito por pouco, faltando dinheiro para outros objetivos e sonhos que temos. Esbanjar não é sinal de sucesso, porque as pessoas bem sucedidas valorizam o dinheiro buscando sempre o melhor preço para o melhor produto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário