quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Meu marido tem ciúmes do nosso filho

Autor: Victor Nicolino Faria - Psicólogo - CRP 06/98407
E-mail para contato: victor.nicolino@hotmail.com

    Não é difícil encontrar no consultório relatos de mulheres que após a gravidez, além de terem de assumir o papel de mãe, também precisaram lidar com uma súbita e estranha reação de seus maridos. Eles passam a agir de forma fria, ou mesmo agressivamente. Discutem por tudo ou começam a chegar cada vez mais tarde em casa. Mas o que isso quer dizer?
    Obviamente que a mulher durante a gravidez e nos primeiros meses após o parto tem alterações em seu comportamento, tanto em função da variação hormonal como pela necessidade de desempenhar um novo e desafiador papel em sua vida, ser mãe. Contudo, diante dessa mudança no comportamento de sua esposa o homem muitas vezes se sente inseguro, ou mesmo abandonado, e isso o leva a atitudes diferentes do usual que acabam por magoar muito a mulher.
    O marido precisa saber lidar com essa divisão do tempo de sua esposa com o filho, que acaba demandando muito de todos os membros da família. Quando o casal planeja ter filhos o homem precisa saber que não terá mais a mulher todo o tempo ao lado dele, pois ela precisará dar atenção à criança, estimulando seu desenvolvimento e a educando. Sem esquecer que a recíproca deve existir, com o pai atuando nos cuidados e na educação da criança e a mulher compreendendo a ausência do homem em alguns momentos para ter o pai de seu filho presente. Escolher ter filhos é abdicar de parte do tempo do casal para os papéis mãe e pai.
    Quando enfrentamos um problema dentro de nossos casamentos precisamos avaliar o problema e encontrar suas origens. Não podemos simplesmente responsabilizar os outros, muito menos nos culpar por tudo o que se passa de negativo. Saber encontrar a minha parcela de responsabilidade e o que compete ao outro é muito importante para o casamento superar um problema e poder ser cada vez mais saudável.
    Quando a mulher identificar que o marido está se comportando de forma não usual, seja por ciúmes do filho ou por outros motivos relacionados à gravidez e aos papéis mãe e pai, é importante que o casal sente e discuta os reais problemas, cada um assumindo sua parcela de culpa na situação vivida, encontrando juntos soluções para que a harmonia volte ao dia a dia da casa.
    

    

Nenhum comentário:

Postar um comentário