quarta-feira, 15 de junho de 2016

Viagens para crianças - Assistência da origem ao destino

Autora: Tuanny Honesko
Empresa: eDestinos
Website: www2.edestinos.com.br 



Para uma mãe e um pai, ver seu bebê crescendo é motivo de orgulho, mas, também, preocupação – ainda mais quando chega a hora da primeira viagem sem a companhia do responsável. Você sabia que crianças acima de cinco anos de idade já podem viajar de avião sozinhas?

Esta é uma operação comum da aviação, e a maioria das companhias aéreas está preparada para os casos de menores desacompanhados. No Brasil, a única agência de viagens online que permite reservas para crianças viajarem sem os pais é a eDestinos, e o processo é bastante simples e seguro.

Primeiramente, é necessário que o responsável entre em contato com a agência para programar assistência a menor desacompanhado. Depois disso, os pais precisam providenciar uma autorização da Vara da Infância e Juventude, que tem de constar os dados da criança, do responsável legal e do responsável em recebê-la no aeroporto de destino, assim como todas as informações do voo (data, horário, companhia aérea e número do voo).

Não se preocupe, porque a criança não ficará sozinha ou desassistida durante o voo, já que há um profissional da própria companhia aérea treinado para isso, que o acompanhará – desde o momento da entrada na sala de embarque até a entrega da criança ao responsável no aeroporto de chegada. 

Várias opções de entretenimento serão oferecidas, e há linhas aéreas que, inclusive, têm kits especiais para crianças.

As taxas para o serviço variam entre R$ 100 e R$ 110 por trecho. Crianças menores de cinco anos não podem viajar sozinhas, somente acompanhadas por responsável legal ou parente de primeiro grau (avós, tios e irmãos). A partir dos 12 anos, é permitido o voo do menor sem a necessidade do pedido de serviço de menor desacompanhado, mas uma autorização dos responsáveis é exigida.


Diante dessas informações, a gente pode afirmar que viajar sozinho pode ser uma experiência e tanto para seu filho, criando noções de responsabilidade e independência. Ao mesmo tempo, o serviço de menor desacompanhado é seguro e confiável – ainda que você sinta medo por deixar seu filho ou filha voar, saberá que a criança estará em boas mãos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário