domingo, 9 de junho de 2019

Kriativar lança linha de smart toys inédita no mundo

A startup, uma das investidas do BMG UpTech, criou quebra-cabeça com realidade aumentada e storytelling, que auxilia no desenvolvimento e na concentração das crianças.
Kriativar lança linha de smart toys inédita no mundoA startup, uma das investidas do BMG UpTech, criou quebra-cabeça com realidade aumentada e
storytelling, que auxilia no desenvolvimento e na concentração das crianças.
O uso da gamificação para o desenvolvimento infantil e o aprendizado ganha cada vez mais espaço no mercado, como uma nova maneira de ensinar e aprender, baseada na educação 4.0 e na cultura Maker. Com o objetivo de ressignificar o uso de celulares e tablets e dos jogos antigos, a Kriativar, startup investida do BMG UpTech, voltada para educação e tecnologia, lança os primeiros quebra-cabeças com realidade aumentada e storytelling do mundo. São eles: “Caco, o palhaço” e “Nina, a bailarina”, que estarão disponíveis a partir de amanhã (1º/6).
Totalmente inovadores, os smart toys auxiliam no desenvolvimento da concentração dos pequenos e estimulam a curiosidade e a imaginação. “Depois de vencer o desafio de montar o quebra-cabeça, basta abrir o aplicativo SmartToys Kriativar e apontar o celular ou tablet para o quebra-cabeça montado. É neste momento que a mágica acontece, e Caco aparece no palco, como se fosse um holograma. Ele interage com as crianças, fala sobre amizade, ser feliz, respeitar animais e viver com alegria”, explica a founder da Kriativar, Sofia Fada.
Já no quebra-cabeça interativo “Nina, a bailarina”, as crianças conseguem ver a personagem dançando, enquanto uma narradora conta a sua história. “É uma bailarina internacional, que ensina amor, respeito, esperança, persistência e perseverança”, comenta Sofia. Nos dois casos, ela ressalta que a intenção é oferecer a pais e escolas um jeito lúdico e criativo de ensinar, ajudando a estimular o potencial criativo das crianças. "Usamos a tecnologia para reconectar pais, filhos, alunos, professores, escolas e famílias”, completa.
A Kriativar também desenvolveu outros dois smart toys, os jogos da memória Fazenda Encantada e o Universo Encantado. No primeiro, após descobrir os bichos, os pequenos podem escutar um poema e interagir com cada animal, expandindo seus conhecimentos. O segundo jogo une o mundo virtual e o real. Ao apontar o celular, a criança será transportada para o Universo, onde será possível ver cada planeta em realidade aumentada e ainda descobrir informações sobre o Sistema Solar.
Para incentivar o protagonismo infantil, os jogos também dão acesso à plataforma Bookmaker, um criador de publicações. Lá, é possível continuar a brincadeira, desenvolvendo as próprias histórias com os personagens dos jogos, além de livros, revistas, trabalhos escolares e outros produtos. Tudo acompanhado pelos pais e professores. Os aplicativos podem ser baixados no Google Play e no Apple Store.

Sobre a Kriativar
Fundada em 2014 pela empreendedora Sofia Fada, a Kriativar é uma startup de educação e tecnologia, que propõe uma aprendizagem criativa e um jeito lúdico de ensinar e aprender. A empresa já venceu os principais editais de inovação do Brasil – Seed, aceleração de startups do Governo de Minas, considerada uma das melhores do mundo; INOVApps, concurso de tecnologia do Ministério das Comunicações; Baanko Chalenge, aceleração para negócios de impacto social; Fiemg Lab, maior aceleração de conexão com a indústria do mundo; XR Canadá, aceleração de startups de Realidade Aumentada e Virtual  do Canadá, com foco na internacionalização; Startup Brasil, mais importante edital voltado para a inovação do Brasil; e BrazilLab, que conecta as melhores soluções aos governos estaduais e municipais do país. Tem sede em Belo Horizonte (MG) e um modelo de negócios baseado em quatro pilares: venda para escolas, venda de produtos, cotas de patrocínio e planos especiais para empresas.
Sobre o BMG UpTech        
Corporate venture do Grupo BMG – um dos maiores e mais importantes grupos empresariais do país – com foco na inovação. Basicamente, o BMG UpTech identifica as startups cujos negócios sejam viáveis, investe no seu desenvolvimento e as coloca em contato com o mercado, ou seja, com possíveis compradores das soluções. A empresa já investiu em mais de 300 startups no Brasil e Estados Unidos, juntamente à Bossa Nova Investimentos, companhia de micro venture capital da qual é sócio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário