quarta-feira, 10 de junho de 2020

9 segredos para uma efetiva perda de peso durante a quarentena

Período de isolamento social é o momento ideal para repensar hábitos alimentares e estilo de vida, o que auxilia, consequentemente, no processo de emagrecimento.
SEGREDOS PARA perder peso
Ficar em casa em isolamento social não significa, definitivamente, jogar fora os bons hábitos de vida. Na verdade, podemos aproveitar esse período de forma muito positiva para mudarmos nossos hábitos. Para aqueles que sempre desejaram emagrecer, por exemplo, esse pode ser o momento ideal para entrar em contato com seu médico nutrólogo e verificar quais cuidados você pode adotar com sua alimentação e estilo de vida que vão auxiliar no emagrecimento.  Como forma de ajudar nesse processo, a Dra. Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia, deu algumas dicas que podem ser seguidas durante a quarentena para você perder peso de forma saudável. Confira:

Consulte um especialista: O primeiro passo para emagrecer saudavelmente é consultar um médico nutrólogo, mesmo que por atendimento online, que poderá realizar uma avaliação e levar em consideração suas necessidades específicas antes de orientar você sobre o melhor modo de perder peso. “Qualquer mudança drástica nos hábitos alimentares sem acompanhamento médico pode oferecer riscos à saúde, principalmente em pessoas que já apresentam algum tipo de carência nutricional prévia”, alerta a médica. “O processo de perda de peso ainda tem outras implicações, como na face, afinal perdemos gordura no corpo inteiro, e isso nem sempre agrada. Essa fato ressalta ainda mais a importância do acompanhamento médico, já que o profissional especializado poderá ajudar a minimizar o aspecto indesejável da perda de peso”, afirma o cirurgião plástico Dr. Mário Farinazzo, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Consuma carboidratos adequadamente: Ao contrário do que muitos pensam, não há realmente necessidade de retirar completamente os carboidratos de sua dieta para perder peso. Os carboidratos são, na verdade, os nutrientes mais importantes para o fornecimento de energia para o organismo e funções do cérebro. “Logo, sem os carboidratos, as funções vitais ficam prejudicadas e o corpo tende a armazenar um estoque extra de gordura. Então, se o seu objetivo é perder peso, consuma carboidratos na porção certa optando sempre por aqueles de boa qualidade, como, raízes, cereais integrais, frutas, legumes e verduras, que não engordam e geram benefícios ao organismo”, recomenda a Dra. Marcella. “Além disso, é interessante consumir os carboidratos junto com proteínas magras e gorduras boas. Dessa forma, você ficará satisfeito mais rápido e demorará mais para sentir fome.”

Aumente o consumo de proteínas e gorduras boas: De acordo com a nutróloga, as proteínas e gorduras de boa qualidade são necessárias para manutenção da massa magra, promover saciedade, aumentar a absorção de nutrientes necessários no processo de digestão e garantir a formação de hormônios importantes na fisiologia do emagrecimento. “Por isso, o ideal é apostar no consumo de proteínas vegetais, como feijões e ervilhas, ou carnes magras, como peru, frango e peixes. Já o consumo de carne vermelha deve ser reduzido para diminuir a ingestão de gorduras saturadas”, completa.

Coma devagar: A Dra. Marcella explica que comer rápido e não mastigar o suficiente faz com que o estômago não tenha tempo de enviar sinais ao cérebro de que está cheio e que é momento de parar, o que pode resultar em uma série de consequências, incluindo o aumento de peso.

Atente-se aos horários das refeições: Como estamos em casa, é comum que grande parte das pessoas passe o dia fazendo pequenos lanches. Porém, de acordo com a médica, o ideal é estabelecer um cronograma para as refeições e evitar idas à geladeira entre elas. “O recomendado é que você se alimente apenas nos horários das refeições e preferencialmente à mesa. Caso contrário, os níveis de açúcar no sangue permanecem elevados, sobrecarregando o organismo, o que faz com que haja aumento no armazenamento de gordura.”, aconselha.  “Além disso, evite ingerir refeições próximo a hora de dormir, pois o hábito pode atrapalhar a degradação da gordura pelo organismo, que ocorre naturalmente durante a noite, dificultando a perda de peso.”

Reduza o consumo de açúcar: O açúcar é um dos grandes vilões da perda de peso, pois é formado basicamente de calorias, não possuindo quase nenhum nutriente. O ingrediente eleva os níveis de glicose no sangue, podendo provocar o aumento da gordura corporal e o risco de doenças metabólicas. “Além de ser um inimigo do emagrecimento, o açúcar também pode favorecer o aumento do colesterol e o aparecimento de problemas cardiovasculares, causando, por exemplo, o espessamento e o acúmulo de placas de gordura dentro da parede das artérias, com consequente obstrução desses vasos. Dependendo da artéria afetada, tal quadro pode levar ainda a incidência de infarto e derrame”, alerta a cirurgiã vascular e angiologista Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e do American College of LifeStyle Medicine.  Por isso, seu consumo deve ser reduzido. Mas não vale substituí-lo por outros adoçantes artificiais inadvertidamente. “Alguns adoçantes artificiais geram efeitos neurológicos e metabólicos no organismo parecidos com o açúcar convencional. Logo, apesar de possuírem menos calorias, vários produtos diet, light e zero ainda são prejudiciais, principalmente para quem está tentando emagrecer, já que diversos podem diminuir a sensação de saciedade e consequentemente fazer você comer mais”, destaca a Dra. Marcella Garcez.

Pratique exercícios: É fato que a alimentação é fundamental para a perda de peso. Mas apenas a mudança nos hábitos alimentares não é suficiente. É preciso também investir na prática regular de atividades físicas moderadas e frequentes, durante esse período de isolamento social. “Mesmo que não seja o elemento primordial para o emagrecimento, o exercício físico é necessário para quem quer perder peso pois ajuda a elevar o gasto energético, queimar gordura e aumentar e manter a massa magra”, explica a nutróloga.

Mantenha-se hidratado: “Beber água, por si só, não emagrece. Porém, nosso corpo é composto por dois terços de água, que é fundamental para garantir o bom funcionamento do organismo, ajudando-o a executar reações metabólicas que promovem a perda de peso.”

Modifique seu comportamento: De nada adianta investir em cuidados para perder peso durante a quarentena e esquecê-los após tudo voltar ao normal. “Mudar o pensamento é um passo fundamental para emagrecer. Se você não estiver disposto a incorporar essas mudanças em seu novo estilo de vida, as melhorias em sua aparência e saúde não vão permanecer e logo você se verá de volta no ponto de partida. Na verdade, uma das principais razões pelas quais as pessoas não obtêm sucesso no processo de perda de peso é por não aceitarem a necessidade de mudar seus hábitos permanentemente”, afirma a médica.

Por fim, é importante lembrar que emagrecer é um processo extremamente individual. “Principalmente nesse momento em que estamos passando mais tempo nas redes sociais, é muito comum que as pessoas fiquem frustradas com a própria aparência ao se compararem com os outros, o que pode ser extremamente prejudicial. Por isso, é importante manter em mente que perder peso leva tempo e exige paciência. O ideal então é que você siga uma rotina regrada e atente-se as orientações de seu médico nutrólogo, que poderá te auxiliar nessa jornada”, finaliza a Dra. Marcella Garcez.


FONTES:

DRA. MARCELLA GARCEZ - Médica Nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da ABRAN. A médica é Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo. CRM-PR 12559 e RQE 16019.

MÁRIO FARINAZZO - Cirurgião plástico, membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Chefe do Setor de Rinologia da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Formado em Medicina pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), o médico é especialista em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Professor de Trauma da Face e Rinoplastia da UNIFESP e Cirurgião Instrutor do Dallas Rinoplasthy™ e Dallas Cosmetic Surgery and Medicine™ Annual Meetings. Opera nos Hospitais Sírio, Einstein, São Luiz, Oswaldo Cruz, entre outros. www.mariofarinazzo.com.br

DRA. ALINE LAMAITA: Cirurgiã vascular e angiologista, Dra. Aline Lamaita é membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular, da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine. Formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, a médica participa, na Universidade de Harvard, de cursos de pós-graduação que ensinam ferramentas para estimular mudanças no estilo de vida nos pacientes em prol da melhora da longevidade e qualidade de vida. A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina. http://www.alinelamaita.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário