top of page
  • blogsupermae

Barbatuques apresenta em SP o show da turnê que celebra 25 anos




Petrobras patrocina a turnê que circula por 15 cidades brasileiras, com shows e oficinas gratuitas de música corporal


O Barbatuques completou 25 anos como grupo artístico, reconhecido mundialmente pela sua linguagem singular de percussão e música corporal. Este marco está sendo celebrado em turnê por 15 cidades no Brasil, com patrocínio da Petrobrás. “Barbatuques 25 anos" é o novo show, com estética visual e repertório renovados. Em São Paulo, o grupo faz duas apresentações, nos dias 20 e 21 de abril, no centenário Theatro São Pedro.


Além dos shows, o grupo vem ministrando oficinas gratuitas de música corporal, na capital paulista elas serão direcionadas para os alunos e alunas da EMESP Tom Jobim, projeto Guri e outros estudantes de música.


A turnê 2024 “Barbatuques 25 anos" é a maior circulação realizada pelo Barbatuques em território nacional, também uma homenagem a Fernando Barba, criador do grupo e falecido em fevereiro de 2021. O grupo já foi pro Recife, Fortaleza e Campinas; ao longo do ano segue ainda para Curitiba, Manaus, Belém, Brasília, Rio de Janeiro, Goiânia, Palmas, Campo Grande, São José dos Campos, Santos e Caraguatatuba.


O repertório do show explora a gênese musical do grupo, trazendo um apanhado simbólico da discografia do Barbatuques, como “Barbapapa’s Groove”, primeira peça para percussão corporal composta pelo Barba, hits como Baianá e Baião Destemperado, novos singles que ainda não faziam parte dos shows, como “Eu vou Cantar” e “Natureza“ (parceria com Russo Passapusso), além dos momentos de improviso e a clássica interação musical com a plateia. 


“Barbatuques 25 anos" percorre a longa trajetória sonora do grupo, dos ritmos e cantos afro-brasileiros no primeiro disco “O Corpo do Som”, passando pelos experimentalismos vanguardistas de “O Seguinte é Esse”, pelas harmonias e polirritmias ricamente elaboradas de “AYÚ”, chegando ao momento atual com o lançamento frequente de singles, onde a canção também ganha força. Uma síntese da sonoridade do Barbatuques desde a sua criação. 


É uma experiência singular ver e ouvir o Barbatuques ao vivo, uma potente orquestra orgânica de música corporal, ressoando a musicalidade de variados cantos do mundo.


A turnê 25 anos do Barbatuques é viabilizada por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com patrocínio da Petrobras, por meio da Secretaria de Cultura, realização do Núcleo Barbatuques, Ministério da Cultura e Governo Federal.


Serviço

Barbatuques 25 anos! São Paulo

Data: 20 e 21 de abril de 2024 

Horário: 20h (sábado) e 19h (domingo)

Local: Theatro São Pedro

Endereço: R. Barra Funda, 171 - Barra Funda, São Paulo

Telefone: (11) 3661-6600

Duração: 90 minutos

Classificação: livre

Capacidade: 636

Acessibilidade: acessível para cadeirantes

Ingressos: R$ 50,00 (inteira), R$ 25,00 (meia entrada prevista por lei)

Vendas on-line pela Sympla


Agenda Tour 2024 - 25 anos:

20 e 21/04 - Theatro São Pedro - São Paulo

4 e 5/05 - Teatro Guairinha - Curitiba

11/05 - Santos - Teatro Braz Cubas

18/05 - São José dos Campos - Teatro Municipal

25 e 26/05 - Manaus - Teatro Amazonas

8/06 - Caraguatatuba - Teatro Mário Covas

6 e 7/07 - Brasília - Teatro Plínio Marcos

13 e 14/07 - Goiânia - Teatro Goiânia

3 e 4/08 - Campo Grande - Teatro Dom Bosco

24 e 25/08 - Belém - Teatro Sesi

14 e 15/09 - Palmas - Teatro Sesc Palmas

Rio de Janeiro (data a confirmar)


Repertório previsto

26 (André Hosoi)

Barbapapa's Groove (Fernando Barba)

Baião Destemperado (Fernando Barba)

Do Mangue a Manga (Fernando Barba)

Skamenco (Bruno Buarque e Fernando Barba)

Eu Vou Cantar (releitura de Maria do Carmo Barbosa)

Peixinhos do Mar (domínio público)

Cheiro Verde

Kererê (André Hosoi)

Sete (Fernando Barba e Giba Alves)

Natureza (André Hosoi e Russo Passapusso)

Baianá (versão Barbatuques para Boa Tarde Povo, Maria do Carmo Barbosa e Melo)

Gogó da Ema (Maria do Carmo Barbosa)

Carcará (João do Vale)


Conheça mais sobre o Barbatuques

Grupo paulista de música corporal e vocal. Em sua extensa trajetória, foi muito além dos palcos de mais de 30 países, chegou nas trilhas sonoras do cinema e da publicidade, em jogos, nas pistas de dança em milhares de remixes criados por DJs. Clássicos já consagrados pelo público, como “Baião Destemperado” e “Baianá“, fazem sucesso em todas as plataformas de streaming no mundo, com uso massivo em vídeos de canais como Instagram e TikTok.  


A sonoridade do Barbatuques tem uma sobreposição moderna de estilos e estéticas, são canções e “músicas "instrumentais" em ritmos tradicionais ou contemporâneos, como o baião, coco, samba, maracatu, rap, eletrônico, afoxé, funk, carimbó, toré indígena, rock, beatbox, kecak e a música africana. Exploram a fonética, aspectos rítmicos, harmônicos e melódicos do erudito, da tradição popular brasileira ao pop.


A linguagem pioneira desenvolvida pelo grupo contribuiu significativamente para a difusão da música corporal pelo mundo e é referência até hoje. O Barbatuques também mantém atividades em setores distintos como o corporativo e educacional, tornando-se uma significativa ferramenta pedagógica. Recentemente, lançou seu primeiro songbook ‘Barbatuques Volume 1’, com partituras de músicas transcritas e cifradas e um rico material sobre técnicas de música corporal, ferramenta que amplifica o acesso a essa linguagem.


Músicos: André Hosoi, André Venegas, Charles Raszl, Giba Alves, Helô Ribeiro, João Simão, Luciana Cestari, Lu Horta, Mairah Rocha, Marcelo Pretto, Maurício Maas, Renato Epstein, Taís Balieiro. 


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page