top of page
  • blogsupermae

Desenvolvimento infantil e frustração



Os primeiros meses de vida de um bebê acabam gerando uma enorme demanda prática e emocional na vida dos pais. Todo o cuidado necessário para que o bebê se desenvolva adequadamente, informação esta que podemos acessar através de sites, canais e livros; é tão difícil de ser alcançado que acaba soando como uma utopia dentro do turbilhão de acontecimentos dentro da casa.


Os pais precisam trabalhar a aceitação de que mesmo se esforçando, se doando, e muitas vezes se anulando não será possível fazer tudo o que é exigido de um casal para que a criança se desenvolva da melhor forma. Esta aceitação não significa abandonar a educação e o cuidado do bebê, mas permitir um manejo eficiente da ansiedade e da autocrítica.


Quando não nos cobramos perfeição conseguimos nos organizar para proporcionar o nosso melhor, o que é possível ser feito para aquele momento de vida. Com a ansiedade em menor grau, podemos acessar diferentes referências em nosso cérebro para construir a melhor estratégia. Conseguir aceitar esta dura realidade faz com que se iniciem as conversas dentro do relacionamento para que os objetivos sejam mapeados, estruturados e alcançados em benefício do bebê.


Pense nisso!!!



Victor Nicolino Faria - Psicólogo

CRP 06/98407

@victornicolino


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page