quarta-feira, 1 de abril de 2020

Educadora lista cinco atividades que auxiliam o autoconhecimento infantil


A técnica quando utilizada corretamente faz com que a criança tenha conhecimento das suas ações
Existem opções saudáveis para o castigo? Muitos não acreditam e sim, que deve ser imposto de modo que a criança se sinta amedrontada. Porém, há maneiras de educar sem resultar em medo e de forma com que ela compreenda os motivos para repreensão.
"Quando um pai ou uma mãe dizem que são contra o ato de serem duros em palavras e a proibir certos costumes em prol de uma educação, muitos não entendem. Mas a verdade, é que tem como você colocar uma energia mais intensa sem elevar a voz ou impedir que faça o que tem costume em sua rotina", explica Luciana Moreira, educadora do projeto Colônia do Brincar.
Além disso, a profissional diz que é importante não deixar a criança sozinha após o incidente. Quando é aplicado o castigo, normalmente o menor fica sozinho em algum ambiente, o que causa sensações de abandono. O ideal é ficar próximo e em contato para explicar com delicadeza as consequências que aquela ação poderia causar.
O conceito que é seguido é da pedagogia logosófica, onde o sentir é indispensável para cada ser humano em diversas etapas da vida. "Temos que pensar que a criança possui uma linguagem diferenciada dos adultos, a forma como se expressam muitas vezes não é compreendida. As atividades que elaborei na colônia visam que os responsáveis possam entender o porquê aquilo está ocorrendo e ter uma conversa amorosa com as crianças", explica a educadora.
Para exemplificar como é possível colocar em prática a ideia, a profissional separou algumas formas de conversar com o menor de maneira assertiva, educativa e sem o tão temido castigo.
• Mural das emoções: É uma atitude lúdica para ensinar a alfabetização emocional. Geralmente a criança expressa emoções por meio do choro, por isso o mural pode ter emojis impressos, para que os tutores ajudem a criança a expressar qual o sentimento que a representa naquele momento, desta forma ela irá aprender a interpretar o que está sentindo.
• A cor do acordo: Experiência visual para mostrar à criança a importância da conversa e de ouvir. A pessoa ouve a criança sobre o que ela quer ou não fazer, após isso ela também ouve o que eles esperam dela. Feito isso um com a tinta amarela e outro com a tinta azul, misturam ambas, gerando a cor verde. Exemplificando de forma visual que mesmo com opiniões diferentes ambas expectativas podem ser unidas.
• Casa Mental: Montar com item reciclável uma casinha, que é igual ao cérebro e da mesma forma que não devemos deixar entrar qualquer pessoa, não devemos deixar pensamentos ruins mente. Pode ser feito por meio de papéis com sentimentos escritos, colocando na casinha o que pode entrar e tirando o que não pode.
• Energética doçura: No momento em que a ocorrer algo que possa ocasionar o ferimento ou que vá contra os princípios, sem elevar a voz a pessoa presente deve retirar a criança do local. Após isso, explicar de forma afetiva, os motivos que levaram até isso.
• Obediência inteligente: Essa parte pode ser aplicada juntamente com as alternativas anteriores, onde é explicado que a obediência deve ser por amor, a sua vida e aqueles que o estão cuidando. Além disso é importante não abandonar a criança quando ela desobedece, cometendo um erro.
As maneiras de educação podem ser diferentes, mas são sempre unidas por algo maior: O amor. "Todas as atividades devem ser feitas com calma e caso o responsável não consiga na hora explicar em seguida o motivo que pode ser cansaço ou estresse no trabalho", complementa a educadora.

Sobre
A Colônia do Brincar surgiu do sentimento de sua idealizadora, Luciana Moreira, possui com a sua infância. A profissional possui 25 anos atuando na área da educação e há sete anos se dedica as atividades brincantes e foi certificada como Brinquedista pela ABBri (Associação Brasileira de Brinquedotecas) e com isso, surgiu a sua empresa que desenvolve uma melhor conexão dos adultos com as crianças.

segunda-feira, 30 de março de 2020

Psicólogo responde

Victor Nicolino Faria é formado em Psicologia pela PUC-SP, sendo Bacharel em Psicologia pela mesma instituição.


Pergunta: Gostaria de ter mais consciência do meu corpo, da minha respiração para diminuir minha ansiedade. Como posso fazer isso?

Psicólogo responde: Podemos encontrar várias técnicas de respiração em vídeos do Youtube que abordam ansiedade e formas de controlá-la. Gosto também de aplicativos para celular que ensinam você a meditar em casa, que são muito úteis para pessoas que ou não tem tempo ou não tem condição financeira de fazer aulas presenciais. Então aproveite o que está disponível através da tecnologia para se conhecer melhor e poder ter contole do seu corpo e da sua mente!

domingo, 29 de março de 2020

Tirolez ensina pratos elaborados com frutas e vegetais da safra

Tirolez
Prepare pratos saborosos, saudáveis e nutritivos com alimentos da época
O outono, que se inicia em 20 de março, é um período de transição entre o verão e o inverno, carregado de características marcantes. Apesar das temperaturas mais amenas, a estação é conhecida pelos seus dias quentes e as noites mais frias. Por isso, a safra de outono é aliada de quem deseja preparar pratos saudáveis e saborosos, já que as frutas e vegetais do período estão mais suculentos por estarem no momento certo de serem colhidos. A Tirolez, uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País, sugere um cardápio para tornar a refeição em família com alimentos da época em um momento especial.
Aproveite a abundância dos vegetais da estação para preparar como entrada o Creme de Abóbora com Gengibre e Castanhas, enquanto o prato principal de Quiche Integral de Creme de Ricota e Abobrinha pode ser complementado com uma salada verde. Frutas como a banana-nanica são fáceis de encontrar, então, aposte nas Tarteletes de Banana com Creme de Ricota, uma sobremesa leve e capaz de surpreender qualquer paladar.
Confira o cardápio completo:
Creme de Abóbora com Gengibre e Castanhas
Ingredientes½ cebola descascada e picada em cubos
1 colher (sobremesa) de azeite
4 xícaras (chá) de abóbora japonesa descascada e cortada em cubos médios
1 colher (sopa) de gengibre ralado
1 litro de caldo de legumes caseiro ou água
1 colher (café) de sal
1 pote de Creme de Ricota Light Tirolez1 colher (sobremesa) de óleo de coco
1 dente de alho descascado e amassado
½ xícara (chá) de castanhas-de-caju picadas
Pimenta-do-reino preta moída a gosto
Modo de Preparo- Em uma panela, doure a cebola no azeite, acrescente a abóbora e o gengibre e refogue.
- Adicione o caldo de legumes, a pimenta e o sal e deixe cozinhar até que a abóbora fique macia. Desligue o fogo e junte o Creme de Ricota Light Tirolez.
- Bata tudo no liquidificador até ficar homogêneo. Em uma frigideira, aqueça o óleo de coco e doure o alho e as castanhas.
- Sirva o creme de abóbora com o alho e castanhas dourados por cima. 
Tempo de Preparo: 40 minutos
Rendimento: 6 porções
Quiche Integral de Creme de Ricota e Abobrinha
IngredientesMassa200 g de farinha de trigo integral
100 g de farinha de trigo
150 g de Manteiga sem Sal Tirolez gelada
1 ovo
Sal a gosto
Recheio140 g de abobrinhas italianas cortadas em rodelas finas
1 embalagem de Creme de Ricota Tirolez (200 g)
200 ml de leite integral
3 talos de cebolinha picados
Folhas de 3 ramos de tomilho
2 ovos
2 gemas
Sal a gosto
Modo de PreparoMassa- Em uma tigela, misture as farinhas, o sal e, aos poucos, adicione a manteiga gelada.
- Com as mãos, cuidadosamente vá esfarelando a manteiga junto às farinhas para formar uma farofa grossa.
- Adicione o ovo e misture até obter uma massa homogênea. Caso seja necessário para dar o ponto, vá acrescentando água gelada, de 1 em 1 colher (sopa) até atingir a textura.
- Envolva a massa em filme-plástico e reserve em geladeira por 10 minutos.
- Em uma superfície, abra a massa com a ajuda de um rolo para cobrir todo o fundo e as laterais de uma forma para quiche, de fundo removível (23 cm de diâmetro).
- Depois de acomodar a massa na forma, leve ao freezer por 10 minutos.
Recheio- Salteie as rodelas de abobrinha rapidamente, em 2 colheres (sopa) de óleo e reserve.
- Em uma tigela misture o creme de ricota, os ovos e as gemas, o leite, o sal e as ervas.
Montagem- Despeje o recheio sobre a massa verta e, sobre ele, cuidadosamente distribua as fatias de abobrinha salteadas.
- Asse em forno preaquecido à 180 °C por cerca de 20 minutos ou até que o recheio esteja dourado e consistente.
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 8 porções
Tarteletes de banana com creme de ricota
Ingredientes1 pacote de biscoito de aveia triturado
1 colher (sopa) de Manteiga sem sal Tirolez4 colheres (sopa) de água
1 pote de Creme de Ricota Tirolez (200 g)
1 banana nanica
1 colher (café) de essência de baunilha
Suco de ½ limão
2 bananas nanicas cortada em rodelas
Canela em pó a gosto
Modo de Preparo- Em um recipiente, misture o biscoito triturado, a manteiga e a água, até obter uma farofa.
- Forre o fundo e as laterais das forminhas para empada ou muffin com a farofa e leve ao forno para pré-assar por 10 minutos. Reserve.
- No liquidificador, bata o Creme de Ricota Tirolez, 1 banana, a essência de baunilha e o suco do limão.
- Distribua o creme pelas massas pré-assadas (aproximadamente 1 colher de sopa cheia em cada massa) e sobre cada uma das tortinhas, coloque algumas rodelas de banana. Se quiser, salpique canela.
- Volte as tortas para o forno, por mais 15 minutos, e sirva-as quentes ou frias.
Rendimento: 8 porções
Tempo de Preparo: 40 minutos
Saiba mais curtindo as redes sociais da marca ou acesse o site
www.tirolez.com.br
www.instagram.com/tirolezqueijos/
www.facebook.com/TirolezQueijos/
Sobre a Tirolez
Fundada há 39 anos, a Tirolez é uma das mais tradicionais marcas de laticínios do País. Com mais de 1.650 colaboradores, a empresa dispõe de seis fábricas e um Centro de Distribuição em São Paulo. Suas fábricas localizam-se em Minas Gerais (Tiros, Arapuá e Carmo do Paranaíba), em São Paulo (Monte Aprazível e Lins) e em Santa Catarina (Caxambu do Sul).
Os produtos Tirolez possuem grande aceitação no mercado brasileiro em razão da elevada qualidade e tradição. Tais características decorrem, entre outras causas, da qualidade do leite, do cuidado e do carinho que dedica a seus produtos durante todas as etapas de produção. O portfólio da empresa é composto por mais de 30 tipos de produtos e mais de 100 SKUs, que podem ser encontrados em todo o Brasil.

sábado, 28 de março de 2020

Quarentena na cozinha: receitas práticas podem ser boas opções para os dias de isolamento


Companhia Wickbold apresenta ao consumidor preparos diferentes feitos com produtos de suas duas marcas, Wickbold e Seven Boys. Objetivo é colaborar para que a recomendação de permanecer em casa, por conta do coronavírus, seja vivida de forma um pouco mais leve e saborosa

Rolinho de Atum é feito com pão de forma Seven Boys

Trufas crocantes são feitas com o cookie 100% integral da Wickbold, sabor cacau, avelã e castanha-do-pará

Em tempos de quarentena, está cada vez mais difícil não cozinhar. Como apoio à recomendação do Ministério da Saúde de que as pessoas permaneçam em casa para conter o avanço do coronavírus, a Companhia Wickbold, detentora das marcas Wickbold e Seven Boys, apresenta duas receitas práticas para ajudar os consumidores que não estão muito acostumados com as panelas e também para aqueles que querem se desafiar na cozinha ao longo desses dias de isolamento.

O preparo salgado é o Rolinho de Atum, feito com o pão de forma Seven Boys, da linha Sanduíche, um dos itens mais tradicionais no portfólio da marca. Fácil de fazer, leva apenas 10 minutos para ficar pronto e é ideal para os lanches ou jantar de toda a família. Para acompanhar, recomenda-se um suco de goiaba.

Já a sugestão de receita doce são as Trufas Crocantes, feitas com os recém-lançados cookies 100% integrais da Wickbold na lista de ingredientes. O passo a passo, que leva apenas três itens, rende 10 porções e leva 30 minutos para ficar pronto. Ele é feito com a versão Cacau, Avelã & Castanha-do-Pará do produto.


Rolinho de Atum

Ingredientes:
· 2 fatias de pão de forma SeveBoys
· 2 colheres de sopa de atum em óleo
· 1 colheres de sopa de requeijão
· Salsinha a gosto
· Suco para acompanhar: ½ goiaba

Modo de Preparo:
1. Misture o atum com o requeijão;
2. Abra o pão de forma com o rolo de macarrão;
3. Feche o sanduíche (se precisar, use um barbante);
4. Suco para acompanhar: bata a goiaba com 1 copo de água (300ml).

Trufas Crocantes:

Ingredientes:
· 1 pacote de cookie100integraiWickbolsaboCacauAvelã Castanhas-do-Pará
· 250g de de chocolate meio amargo
· 100 g de creme de leite

Modo de Preparo:
1. Derreta o chocolate, acrescente o creme de leite e reserve;
2. Quebre os cookies 100% integrais Wickbold e acrescente metade na mistura do chocolate;
3. Misture e leve ao refrigerador por 30 minutos;
4. Retire, enrole e passe pelo farelo de cookies quebrados.


Sobre a Wickbold

Líder no segmento de pães especiais e saudáveis, a Wickbold celebrou em 2018 seus 80 anos de atuação no mercado brasileiro de alimentação. Fundada em 1938 por Henrique Wickbold, imigrante de origem alemã, começou a atuar como uma pequena padaria localizada no Brooklin em São Paulo, a qual passou a administrar com o nome de Padaria Wickbold. Atualmente, a companhia conta com três fábricas no Brasil - Diadema, onde funciona também a matriz administrativa; Hortolândia, que tem uma das maiores capacidades produtivas do Brasil; além da unidade no Rio de Janeiro. Em constante expansão, a empresa adquiriu a marca Seven Boys em 2015, que tem as famosas bisnaguinhas como carro-chefe. Além de atender de forma pioneira no país às demandas do consumidor por saudabilidade, os produtos da marca também são reconhecidos pelo sabor e alta qualidade. O portfólio atual conta com cerca de 40 itens, divididos nas categorias pães de forma, pães de lanche, linha especial (integral e com grãos), linha light, linha sem glúten, bisnagas e torradas. Sempre atenta ao consumidor, a Wickbold ficou entre os 10 primeiros colocados da categoria Alimentos-Mercearia, do Prêmio Época ReclameAqui 2017.

quarta-feira, 25 de março de 2020

Especialista comenta o convívio familiar no isolamento



Atualmente, no Brasil, vivenciamos uma pandemia do coronavírus, isto é, uma ampla disseminação da doença que nos leva a adotar diferentes medidas de prevenção, incluindo uma importante diminuição de nossa circulação social ou mesmo a permanência constante em nossas residências, medida denominada quarentena.

As medidas mencionadas acima representam uma quebra em nossa rotina uma vez que, normalmente, o cotidiano tende a ser bastante atribulado restando pouco tempo para o convívio familiar. A medida preventiva de quarentena, além de uma importante estratégia de cuidado, representa também um aumento significativo do convívio entre os membros de uma mesma família, situação que pode ser inédita para muitos.

Para Eduardo Fraga, professor do curso de psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), não se pode esquecer que "vivemos um momento social tenso, no qual as pessoas podem estar ansiosas, estressadas e tais estados afetivos repercutirão no convívio familiar. Neste cenário, o bom convívio familiar implicará no respeito aos estados afetivos e às diferenças entre seus membros. Por outro lado, a quarentena pode ser também um excelente momento para o aprofundamento de vínculos e promoção de atividades compartilhadas - desde que respeitados as práticas de cuidado e, nesse sentido, a tecnologia é nossa aliada", afirma o especialista.

O psicólogo ainda ressalta que a quarentena pode nos mostrar que reconhecer os estados afetivos de nossos familiares, com uma escuta atenta e sensível, pode nos tornar muito mais próximos de nossos entes queridos.

Sobre a Universidade Presbiteriana Mackenzie
A Universidade Presbiteriana Mackenzie está na 103º posição entre as melhores instituições de ensino da América Latina, segundo a pesquisa QS Quacquarelli Symonds University Rankings, uma organização internacional de pesquisa educacional, que avalia o desempenho de instituições de ensino médio, superior e pós-graduação. Possui três campi no estado de São Paulo, em Higienópolis, Alphaville e Campinas. Os cursos oferecidos pelo Mackenzie contemplam Graduação, Pós-Graduação Mestrado e Doutorado, Pós-Graduação Especialização, Extensão, EaD, Cursos In Company e Centro de Línguas Estrangeiras.
Em 2020, serão comemorados os 150 anos da instituição no Brasil. Ao longo deste período, a instituição manteve-se fiel aos valores confessionais vinculados à sua origem na Igreja Presbiteriana do Brasil.

segunda-feira, 23 de março de 2020

Psicólogo responde

Victor Nicolino Faria é formado em Psicologia pela PUC-SP, sendo Bacharel em Psicologia pela mesma instituição.


Pergunta: Meu fiho de 6 anos está assustado com as notícias do coronavírus. Não sei como posso acalmá-lo...

Psicólogo responde: Podemos mostrar para ele informações reais, confiáveis sobre a pandemia. Mostrar com o que de fato ele deve se preocupar, e o que ele não precisa ter medo. Podemos traduzir as notícias em uma linguagem simples para que ele entenda, mas acima de tudo como pais devemos dar um modelo de estabilidade para as crianças. Assim como nós, adultos, podemos e devemos estar tranquilos mas conscientes da nossa parcela de responsabilidade na não disseminação do vírus, podemos ajudar os pequenos a ter a mesma mentalidade. Consciência do problema não precisa ser sinônimo de medo.